sexta-feira, 13 de julho de 2018

HISTÓRIA SELECIONADA AJUDARIS


A história "O Bombeiro Artur" escrita pelo 6º B, sob orientação do professor Leonel Portela, foi selecionada no âmbito do Projeto Histórias da Ajudaris para integrar o livro Ajudaris 2018. 
Esta história será ilustrada por um ilustrador profissional e será apresentada à Comunidade Educativa no ano letivo 2018-19.








O Bombeiro Artur


Artur era voluntário dos bombeiros da Covilhã, quando ocorreu um incêndio numa casa. Nessa altura, havia muitos incêndios na floresta. Os bombeiros andavam cansados. Apesar do cansaço, teve de entrar na casa para salvar uma família. Entrou e trouxe a mulher, o homem e a criança.
Passado algum tempo, quando a mulher acordou perguntou pelo cão e o senhor Artur respondeu-lhe:
- Não sei! Temos de ir ver! Vou buscá-lo!
Mais tarde, no regresso, a senhora volta a perguntar pelo seu animal de estimação e um bombeiro comunica-lhe que não o encontrou mas que não vai desistir de o procurar.
Alertou os restantes bombeiros e entraram todos em busca do animal. Sem sucesso. Os bombeiros vieram dizer-lhe que não o tinham encontrado. Contudo, após o fogo apagado, o cão surge a correr pela porta da casa para junto da dona e os bombeiros apercebem-se de que ele está a chamar-lhes a atenção. Eles seguem-no e encontram o seu companheiro Artur no chão desmaiado que é transportado para o hospital.
No dia seguinte, o bombeiro acordou e voltou para o quartel e contou aos companheiros que tinha ficado preso numa corda e tinha caído, desmaiando com o fumo. Foi salvo pelo cão! Não é por acaso que se diz que o cão é o melhor amigo do homem!

6ºB, Escola Básica de S. Domingos

quarta-feira, 20 de junho de 2018

MANTA DE RETALHOS DAS NOSSAS HISTÓRIAS

O projeto iniciado nos jardins de infância do agrupamento pela educadora Natália, membro da equipa da Biblioteca Escolar, deu frutos. 
Ao longo do ano letivo, muitas foram as histórias, que conduziram à elaboração da manta que se encontra em exposição no átrio da Escola Básica de São Domingos.

terça-feira, 19 de junho de 2018

CORRENTE DE CONTOS ... O MONSTRO DAS CORES

 

 
As emoções são uma área sensível em qualquer idade. Sabemos o que é a alegria, a tristeza, o medo ... mas quando somos defrontados com as vivências do dia a dia nem sempre é fácil identificar o que sentimos. Há momentos em que a confusão impera dentro de nós.
O Monstro das Cores sentia-se assim! Precisou de toda a ajuda das crianças para organizar e arrumar as suas emoções. Assim, colocamos cada emoção no respetivo frasco, ajudando o monstro a conhecer-se!
No final, com a ajuda do Robot Doc, que é excelente a cumprir instruções, as crianças conduziram o monstro a cada uma das emoções, dizendo as situações, as pessoas ou as coisas que lhes provocavam os respetivos sentimentos.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

VAMOS À PROCURA - VENCEDORES

No passatempo "Vamos à Procura" foram propostos 8 desafios ao longo do ano letivo mensalmente, tocando as diversas áreas curriculares.
Alcançaram maior pontuação as alunas:

Hasnae, 9º A -59 pontos
Beatriz Duarte, 6º B - 55 pontos
Carolina Leal, 9ºC - 48 pontos

quinta-feira, 14 de junho de 2018

DIA DO AMBIENTE

Hoje, comemorou-se, com um ligeiro atraso por questões climatéricas, o Dia do Ambiente e para a passagem pela Biblioteca Escolar, escolheu-se o segmento "O Pássaro de Fogo", in Fantasia, 2000, que transmite uma mensagem acerca da vida, da morte e do renascimento. Um hino à natureza e à sua capacidade de renascer. 
Apresenta-nos um mundo maravilhoso e realista a partir do que se pode considerar uma fada da natureza (mãe-natureza). Despertada por um veado (deus celta da natureza), traz a Primavera de volta à floresta até que um vulcão (pássaro de fogo) acorda furiosamente. Segundo a mitologia grega, a fénix era um pássaro que, quando morria, entrava em autocombustão, renascendo das próprias cinzas, podendo transformar-se numa ave de fogo.
Poderemos pensar numa dicotomia que coloca a Fada, a Primavera, como a representação da mãe-natureza, e o pássaro de fogo, como todos os males que a assolam, podendo entender esta curta-metragem, também, como a vida, a morte e o renascimento da natureza e como um apelo para a sua proteção e preservação.
No seguimento da visualização,


os alunos que visitaram a Biblioteca Escolar resolveram um quiz na ferramenta SOCRATIVE.
































Versão completa do filme Fantasia,2000, Disney.

 

quarta-feira, 13 de junho de 2018

DIA ABERTO

Aconteceu hoje a receção aos alunos do 4º ano do agrupamento, que circularam pela escola e realizaram uma série de atividades divertidas. 
Entre elas, ocorreu a passagem pela Biblioteca Escolar que, conjuntamente, com os docentes do Departamento de Línguas receberam os alunos, desafiando-os com questões alusivas às línguas proporcionadas pela escola: o português, o francês, o inglês e o espanhol. 
Mais tarde, a Biblioteca Escolar (um dos postos de passagem) e o Departamento de Línguas, receberam também os Encarregados de Educação que, com as suas crianças, para conhecer a escola, realizaram um Peddy Paper com QR CODES.

domingo, 10 de junho de 2018

CORRENTE DE CONTOS ... O MOCHO VAI DE FÉRIAS

As férias estão a chegar! A Biblioteca vai-se despedindo aos poucos até ao próximo ano letivo. Desta forma, tem levado às turmas do 1º ciclo do Agrupamento "O Mocho vai de férias" de Ulf Stark.
Um Mocho que ensina aos seus alunos a importância do trabalho em equipa e o facto de sermos todos diferentes, logo talentos e capacidades diferentes.
Cabe-nos aceitar essa diferença e, no relacionamento com os outros, considerá-la e respeitá-la!

quarta-feira, 6 de junho de 2018

OFICINAS DE ESCRITA - PROJETO TODOS JUNTOS PODEMOS LER/ ETWINNING

"Uma aventura mágica" resultou, uma vez mais, de uma Oficina de Escrita. Iniciou-se o trabalho com uma Caça ao Tesouro que exigia o encontro dos onze cartões que ilustravam a história. Os cartões foram distribuídos em diversos espaços da escola, tendo sido necessária a colaboração de vários serviços (secretaria, reprografia, papelaria, direção, ginásio, bar, sala dos professores,  biblioteca ...). A caça exigia a descoberta do espaço cujo nome rimava com a palavra dada (ex: Palavra que rima com "Maria"? Papelaria.). 
Após a descoberta de todos os cartões, os alunos ordenaram-nos, contaram e redigiram a história, adicionando os ingredientes desejados para alimentar a história.
A gravação foi outra das etapas, pois a leitura, a dicção, a expressividade são outros domínios a trabalhar. 

quinta-feira, 31 de maio de 2018

LER COM METAS ... ROBERTICES

 
Em "Robertices" Luísa Dacosta regressa à infância e procura mostrar às nossas crianças a importância da imaginação nas brincadeiras e como elas ajudam a crescer.
A "História da Carochinha" apresenta uma Carochinha que tudo faz para garantir o seu sustento e evitar o regresso à probreza. O amor, a beleza e a poesia são importantes mas acompanhados da segurança e da estabilidade que ela encontra junto do Rato. O "Freguês Caloteiro" apresenta um barbeiro que pretende receber o justo pelo seu trabalho e um freguês que insiste em não pagar. 
Duas histórias tradicionais reescritas por Luísa Dacosta com humor.
Os alunos do 3º ano da EB da Vila do carvalho Recontaram-nas à sua maneira.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

ENCONTRO COM SUSANA CAMPOS

Ler todos juntos, é possível! 

Com esse intuito, no âmbito do Projeto Todos Juntos Podemos Ler, recebemos a escritora Susana Campos que apresentou aos nossos alunos do primeiro ciclo da EB de São Domingos os seus livros "O Menino que tinha Medo do escuro", O Menino que tinha um Buraco no Coração" e "O Menino que Sonhava com uma Casa de Chocolate", que abordam temáticas inclusivas e as emoções. 


 









A escritora fez-se acompanhar da psicóloga Mara, parte integrante do projeto, que recorrendo a técnicas do Yoga procurou orientar os alunos na compreensão e controlo das emoções, jogando com eles o Jogo das Emoções, integrado no livro "O Menino que tinha um Buraco no Coração".





terça-feira, 22 de maio de 2018

FASE INTERMUNICIPAL CNL - 3ª FASE

Decorreu hoje, na Guarda, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, a fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura.
A Biblioteca juntou alunos e professores de  várias escolas dos distritos de Castelo Branco e da Guarda.
A sessão foi apresentada pelo contador de histórias Jorge Serafim que proporcionou momentos de humor e boa disposição.
O agrupamento de Escolas a Lã e a Neve foi representado pela aluna Margarida Bidarra do 1º ciclo da EB Penedos Altos.
Foi um dia de partilha, de convívio e de emoções. No final, para além dos vencedores, todos os alunos foram presenteados.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

OFICINAS DE ESCRITA - PROJETO TODOS JUNTOS PODEMOS LER/ ETWINNING

A atividade de escrita semanal com os alunos da Educação Especial terminou mais um áudio-livro. A história produzida a partir de cartões ilustrados, representando as categorias da narrativa, intitula-se Dia da Alimentação.
A história foi ilustrada, gravada e traduzida em símbolos.

sábado, 12 de maio de 2018

ENCONTRO COM SUSANA CAMPOS


LER COM METAS ... UMA FLOR CHAMADA MARIA











Os alunos do 2º ano da EB da Vila do Carvalho ouviram a história de Alves Redol, a história de Maria Flor, a menina traquina que vive na casa do Chim. Um dia, a escola fecha porque a  T não aparece. A Maria tem ao seu lado outros amigos como o cão, o boi, o pau e a rã. 
Obra ideal no processo inicial da aprendizagem da leitura pela abordagem das letras do alfabeto, permitindo um trabalho da consciência fonológica.

LER COM METAS ... A OVELHINHA PRETA

Os alunos do primeiro ano da EB da Vila do Carvalho conheceram A ovelhinha preta de Elizabeth Shaw, uma ovelhinha especial. Diferente de todas as outras, provou o como todos podemos ter um lugar no mundo por mais diferentes que sejamos. Ela própria, por ser tão diferente, ajudou a que o seu pastor encontrasse todo o rebanho quando viu um ponto preto no meio da neve.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

ESCREVER COM IVO ROCHA - 3ª SESSÃO

Os alunos do 5º ano assistiram à terceira e última sessão de Oficina de Escrita com o escritor Ivo Rocha. Escrever não é fácil, por isso pistas ajudam a fazê-lo melhor. Assim, após o reforço da ideia da importância da inspiração, da criatividade e do método, os alunos escolheram cenários, personagens ... e aventuraram-se na escrita.

CNL - FASE INTERMUNICIPAL


Margarida Bidarra, EB Penedos Altos, representará o AELN/ concelho - 1º ciclo





sábado, 5 de maio de 2018

TRABALHOS JI CANTAR GALO


AUTISMO NÃO É LIMITAÇÃO, MAS INSPIRAÇÃO!

 

No âmbito da sensibilização para o autismo, foi realizada uma exposição com biografias de personalidades com suspeita/ diagnóstico de autismo que alcançaram sucesso em áreas diversas. A exposição intitulou-se "Autismo não é limitação, mas inspiração". Esta exposição surgiu da articulação entre a Biblioteca Escolar, a Educação Especial e a disciplina de Português.

OFICINA DE ESCRITA COM IVO ROCHA - 3ª SESSÃO

Os alunos do 9º ano tiveram a última sessão de Oficina de Escrita com o escritor Ivo Rocha. Esta sessão foi destinada à  produção de texto. 
Foi relembrada a importância da criatividade na produção escrita, e o facto de a escrita estar na base de tudo o que surge no cinema, na televisão, na publicidade ... 
A partir de alguns motes fornecidos pelo escritor, os alunos produziram a sua história.



sábado, 28 de abril de 2018

25 DE ABRIL



No âmbito da temática do 25 de abril, o 5º A ouviu as histórias "O tesouro" de Manuel António Pina e "O Ladrão de Palavras" de Francisco Duarte Mangas . Histórias que nos ensinam a não tomar nada como garantido. 
Nestas histórias, a PALAVRA, a LIBERDADE e a CORAGEM aparecem como valores a preservar, pois podem ser escurecidos pelo  MEDO e pela CENSURA. 
Desta forma, as histórias apresentam uma luta subentendida entre o MEDO e a CORAGEM, alojados no centro do HOMEM e que, à vez, se manifestam fazendo oscilar os pratos da balança e os destinos do mundo.


Criatividade e inspiração as histórias deram. O mote foi simplesmente o valor da LIBERDADE.


Viva a liberdade!
Agora há felicidade.
Acabaram com a ditadura,
Agora, já não há censura.

O povo é livre
de fazer o que quiser.
Cantam a um só timbre 
a alegria de viver.

Os cravos colocaram
nas espingardas.
O povo a aplaudir
os militares das fardas!

Margarida Pinto


Livre de poder exprimir os meus pensamentos
Igualdade perante todos
Bondade para com todos
"Escravos" não mais
Revolução no 25 de abril de 1974
Ditadura já não há
Amar todos de igual forma
Dias melhores vieram.
Então? Valeu a pena?

Martim e Francisco


Liberdade, que preciosa!
Quem tem, não liga,
quem não tem, precisa!
é importante para todos.
Todos a querem para ser felizes.
Antes do 25 de abril,
as pessoas viviam 
em desespero e tristeza
em plena ditadura.
A guerra colonial,
também foi um problema,
pois piorou a situação
e muita gente morreu.
Houve, um 25 de abril
em que fizeram uma revolução
e um fim à ditadura.

Matilde Catalão

Até ao 25 de abril,
ninguém tinha liberdade.
Surgiram ideias mil.
Mudar? Toda a gente tinha vontade!

Acabou a ditadura,
Marcelo Caetano foi ao ar
para o povo feliz
poder ficar.

António Spínola subiu ao poder,
sendo uma democracia,
em vez de uma ditadura ser,
ficando o povo em euforia!

Diogo Santos

Hoje, e para sempre
um tesouro foi libertado.
Ninguém no-lo poderá tirar,
esse tesouro antes maltratado.

- Liberdade para todos!
Gritaram os cidadão!
- Agora, somos irmãos, rapazes e raparigas,
Homens e mulheres de igual forma.

Todos podem falar, correr e saltar!
Podem expressar-se e sorrir à vontade!
As crianças podem brincar
juntas e com liberdade!

Ana Carolina Mugeiro

Liberdade, para mim é felicidade!
Do dia 25 de abril, 
esse tesouro guardo.

Acabaram com a ditadura,
temos igualdade.
Podemos saltar, correr
comer e beber!

Agora, podemos escrever!
O povo é livre!

Margarida Figueiredo

As pessoas andavam em desespero
por causa da ditadura,
que era medo!

Raparigas e rapazes
não andava juntos, na escola,
de forma drástica e tonta.

Depois da escola, rapazes
para a tropa, 
regressando estropiados.

Dia 25 de abril, 
pessoas mil
saíram de suas casas
e lutaram pela liberdade.

A liberdade é preciosa.
É uma jóia que não se pode perder!
Guardada no fundo do coração.
Pois se a perderes vais viver?
Não!

Keila Santos

Liberdade é o que todos querem.
Quem tem não preserva, quem não tem pede.
Liberdade é importante para todos.
Antes do 25 de abril, as pessoas viviam
no desespero, na tristeza e na solidão.
Mas, um dia, houve uma revolução,
a Revolução dos Cravos,
que trouxe liberdade e felicidade
para as pessoas fazerem o que lhes desse vontade.

Afonso Morgado

Livre de poder votar!
Imaginar-me sem pessoas cruéis!
Beleza de viver 
E com democracia
Revolta?
Ditadura já não há!
Amar as pessoas
Dar
e, sim, respeitar!

Hugo Pinheiro

quarta-feira, 25 de abril de 2018

FASE CONCELHIA DO CNL - 2ª FASE

Decorreu a fase Concelhia do Concurso Nacional de Leitura na Biblioteca Municipal. O Agrupamento de Escolas a Lã e a Neve levou sete participantes selecionados na 1ª fase (fase escola), quatro do 1º ciclo, dois do 2º ciclo e 2 do 3º ciclo.
Os participantes realizaram uma Prova Escrita e, do Agrupamento de Escolas Lã e Neve, ficaram apurados para a Prova Oral dois participantes do 1º ciclo (Alice Job e Margarida Bidarra), um do 2º ciclo (Rui Fidalgo) e um do 3º ciclo (Lara Tavares).




























Na sequência da Prova Oral do 1º ciclo, a aluna Margarida Bidarra obteve o 1º lugar e a aluna Alice Job o 3º lugar. No âmbito do 2º ciclo, o aluno Rui Fidalgo obteve o 3º lugar e, no domínio do 3º ciclo, a aluna Lara Tavares obteve o 3º lugar.




























Assim, a aluna Margarida Bidarra irá à fase intermunicipal na Guarda dia 22 de maio. 
Muitos parabéns a todos os participantes pelo empenho e desempenho!

sábado, 21 de abril de 2018

LEITURAS BILINGUES - LES TROIS OURS

A professora Suzette levou as turmas do 8º A e 9º A à Biblioteca Escolar para partilharem a versão francesa da história popular registada pela primeira vez pelo autor inglês Robert Southey "Les Trois Ours" mais conhecida por "Caracolinhos Dourados e os três ursos"
Foi ainda partilhada a mesma história em português.

CORRENTE DE CONTOS: O GRUFALÃO

As crianças do pré-escolar do JI de Cantar Galo visitaram a Biblioteca Escolar de São Domingos e encontraram um rato espertalhão que apesar da pequenez enganou o astuta raposa, a ardilosa serpente, a sábia coruja e o grande e forte Grufalão e, bem mais tarde, a filha do Grufalão. 
"O Grufalão" e "A Filha do Grufalão" foram as duas histórias narradas.
Mais importante que a força é são a inteligência, a esperteza e a perspicácia que nos permitirão escapar a momentos complicados!
O Grufalão irá aos restantes JI do Agrupamento.



A professora Goretti, a partir do som do rato (Hi! Hi! Hi!) e do provável som do Grufalão (Ão! Ão! Ão!) criou uma pequena melodia que muito agradou às crianças e todas elas cantaram: Hi! Hi! Hi! Ão! Ão! Ão! È a história do Grulalão!

Mais tarde a educadora Lurdes Gonçalves partilhou com as crianças e connosco estas versões abaixo apresentadas.
Trabalho de equipa!

sexta-feira, 13 de abril de 2018

NÃO ABRAS ESTE LIVRO

"Não abras este livro" é o apelo persistente feito ao leitor pela personagem do livro que funciona como uma tentação à abertura, criando suspense e humor. 
No final, compreende-se a súplica! O leitor desobediente conduz a personagem a um destino bizarro. Uma bruxa cumpre a ameaça: transforma a personagem em sapo assim que o leitor chega à última página.
Um livro que prende e diverte o leitor!






Fez também parte das sessões de leitura do 1º ciclo da EB de S. Domingos, no âmbito da Semana da Leitura, "O Lobo que não gostava de Ler" que viveu aventuras incríveis durante o sono e percebeu que a leitura é por si só uma aventura fantástica!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

VISITAS À BIBLIOTECA EM INGLÊS

No âmbito da Semana da Leitura, realizaram-se visitas guiadas à BE em inglês para o 9ºano, pela professora Cristina Domingues.
Após a explicação em português da organização dos livros por temas, seguindo a Classificação Decimal Universal (CDU) de Dewey e a razão de ser das cores atribuídas (que não são universais, mas concelhias) a mesma foi efetuada pela docente em inglês.
Por fim, os alunos centraram-se na escolha de livros em inglês para leitura e apresentação no âmbito da disciplina.



quarta-feira, 11 de abril de 2018

LITERATURA PARA CRIANÇAS?

Uma diversidade de livros destina-se a uma diversidade de públicos. A oferta é diversificada e, por vezes, rejeitam-se livros por os atribuirmos a uma faixa etária que não é a nossa.
Muitos livros, aparentemente para crianças, possuem mensagens tão profundas que são boas lições de vida para qualquer idade.
Se pensarmos num "O meu vizinho é um cão" de Isabel Minhós Martins é um belo não ao preconceito; "A Ilha" de João Gomes de Abreu funciona como um excelente alerta para o deslumbramento e para a cobiça; "Espero" de Davide Cali revela de forma subtil o ciclo da vida. Muitos outros exemplos serão mostrados, ao longo da semana, aos alunos do 3º ciclo.